9 abr 2014
Funcionamento dos Transportes Rodoviários

Transporte Rodoviário é a principal alternativa de locomoção no país.

Créditos da Imagem: http://goo.gl/I6Jqhf

Além de ser a principal alternativa de locomoção no país, atendendo a 96% do movimento de passageiros, o transporte rodoviário é também o mais utilizado pela logística. 56% das cargas movimentadas no Brasil passam pelas estradas. Ao todo, o território nacional tem 1.750.000 quilômetros de rodovias, o que corresponde à 4ª maior rede rodoviária do mundo.

Para controlar um fluxo tão grande de usuários, o governo brasileiro conta com leis de transporte que visam à conservação das estradas e à segurança dos motoristas. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) é o principal órgão responsável por fiscalizar e controlar toda movimentação nas estradas. Cabe a ela realizar estudos e levantar dados relacionados a caminhões, operadores autônomos e empresas, bem como cuidar do Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Carga (RNTRC).

Para realizar o transporte de carga em território nacional, a empresa precisa ter sede no país e o veículo deve apresentar o número do RNTRC de seu proprietário ou arrendatário. Além disso, o motorista tem que seguir todas as normas de trânsito e o automóvel transportador deve estar em perfeitas condições de uso.

Apesar de ser a forma de transporte mais utilizada, a malha viária brasileira necessita de muitas melhorias. Mesmo com as leis estabelecidas para o transporte de cargas e com a fiscalização, grande parte das rodovias brasileiras está em estado inadequado e o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), responsável pelo cuidado das estradas, tem dificuldades para sanar todas as emergências.

Rodovias Brasileiras

Algumas rodovias em bom estado tem gestão concessionada.

Créditos da Imagem: http://goo.gl/yTFE6S

Em 2013, a Confederação Nacional dos Transportes (CNT) fez uma pesquisa para destacar as melhores e piores rodovias do Brasil. O trecho que liga Belém, capital do Pará, a Guaraí, no Tocantins, foi apontado como o pior do país em 2013. Também no Nordeste, a BR-222, que liga Marabá a Dom Eliseu (ambos no PA) foi apontada como a segunda em piores condições.

Já os melhores trechos, segundo a CNT, estão no estado de São Paulo. O primeiro colocado do ranking liga São Paulo a Limeira e abrange a SP-310, a BR-364 e a SP-348. O segundo melhor trecho ultrapassa estados e faz a ligação entre São Paulo (SP) e Uberaba (MG), incluindo a BR-050 e a SP-330. A pesquisa mostra ainda que as rodovias em bom estado têm gestão concessionada.

Analisando os Estados e Regiões, Acre e a região Norte, ocupam as posições mais baixas do ranking. Em contrapartida, São Paulo e o Sudeste são os que apresentam maior porcentagem de estradas consideradas boas e ótimas para o transporte de cargas.

Entre os bens transportados pelas rodovias brasileiras, estão produtos agrícolas, eletrônicos, itens da linha branca, combustíveis, medicamentos, cosméticos e artigos de perfumaria e até cargas de maior porte e valor, como veículos motorizados (carros, motos, embarcações). Todos esses bens devem ser levados até o destino de maneira legal e segura. Por isso, é importante contratar uma transportadora confiável e competente.

 

 

Deixe seu cometário

2 Comentários para “Transporte Rodoviário – Processos e Funcionamento”

Cotação Online

1. Dados do Cliente

2. Origem e Destino

3. Tipo de Transporte

Por favor, selecione o tipo de veículo a ser transportado.

Tipo de veículo:

4. Dados do Veículo