Cuidados para transportar sua moto

Cuidados para transportar sua moto

Os amantes de motocicleta vão concordar que cada moto é única e os cuidados com ela na hora de transportá-la são fundamentais, não apenas para a parte estética, mas também por questões de alinhamento, calibragem, etc. Para transportar uma moto com segurança, primeiro é preciso saber que cada tipo exige um cuidado diferenciado no carregamento.

E quais são esses cuidados ao transportar uma moto?

Pré-embarque

Em regras gerais, antes de subir o veículo na cegonha ou na plataforma, é bom que o proprietário verifique a calibragem dos pneus. Eles precisam estar com a mesma especificação orientada pelo fabricante. Pneus murchos podem gerar até mesmo acidentes no carregamento ou no meio do trajeto, pois conforme o balanço da viagem os extensores podem se soltar. Já com o nível de combustível do tanque, não há muito o que se preocupar, contanto que a tampa esteja bem vedada, não há riscos de vazamento. Capacetes devem ficar fora do transporte, já que podem sofrer avarias durante o deslocamento ou até mesmo causar amassados e arranhões nos tanques ou outras partes do veículo.

Moto Custom – Na hora de carregar, motocicletas customizadas ou tipo Harley, o esforço e os detalhes são maiores. Para serem colocadas no caminhão-cegonha, antes elas são colocadas em caminhões-plataforma e só depois são transferidas para a cegonha. Isso acontece devido a sua largura, peso e bolsas laterais.
Jet Skis – Outra categoria de moto que também exige um pouco mais de esforço é a aquática. Os Jet Skis precisam estar bem amarrados às carretinhas, pois também são usados para dar suporte ao carregamento no caminhão-cegonha.

Modelos esportivas – Os demais modelos, como esportivas, e outras com menores cilindradas, a subida na cegonha é mais fácil. Por terem portes menores e proporcionais à largura do caminhão, o carregamento é um pouco mais rápido, mas também exige todos os cuidados em relação à carenagem, faróis e banco traseiro.

Acessórios – Caso o veículo possua caixa de transporte traseira, o ideal é que ela esteja vazia, ou seja, retirada. Um detalhe que nem sempre é de conhecimento de todos é a retiradas dos retrovisores e isso vale para todas as categorias. Por estarem bastante expostos, o ideal é retirar para facilitar o transporte. Isso serve tanto para evitar avarias quanto medidas de segurança contra furtos.

Aqui na Nacional, também existe a opção de transportar com o caminhão Sider. Este por vez, permite mais proteção contra condições climáticas e exposição do veículo, pois possui fechamentos laterais.

Lembre-se, sempre que precisar transportar, fique atento aos detalhes e procure sempre uma transportadora de confiança.